Conhece-te a ti mesmo

“Desconfie muito de todo aquele que afirma conhecer-se a si mesmo. Acho pouco provável que este sujeito tenha realmente a capacidade de desvendar-se. Quem muito se conhece jamais percebe o limite do seu saber-se. Pelo contrário; afirma categoricamente que pouco sabe de si mesmo, o que é absolutamente correto e justo, diante do gigantismo de um sujeito e os mistérios que guarda escondidos.

Um sujeito que pensa se conhecer é como um peixe que, nascido em um aquário, de lá mesmo exclama: “não há nada no mundo que seja para mim desconhecido”. O (seu) mundo vai muito além dos limites que parece ter….”

Jenny Higgins “The day Before Tomorrow”, Ed Caterpillar, pág 135

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Pensamentos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s