Lei de Goodwin

Há muitos anos confirmo na prática a lei de Goodwin. Esta regra explica que “à medida que uma discussão online se alonga, a probabilidade de surgir uma comparação envolvendo Adolf Hitler e/ou os nazistas tende a 100%.” A “lei” leva o nome de Mike Goodwin, um advogado libertário (portanto, de direita) que luta por causas como a liberdade de expressão, mas tem um comportamento antifascista. Curiosamente a lei é “Goodwin”, ou “boa vitória”, pois a menção a Hitler tem o objetivo de colocar o opositor numa posição sem saída.

Esta é a pergunta que eu fazia: por que a infinitas tretas da Internet terminavam em Hitler e não em Cristo, Buda ou Papai Noel? Por que nossa fixação nesse personagem e nesse acontecimento?

Hoje quando vejo a discussão sobre o direito que os nazistas teriam – ou não – de se organizar chego à conclusão que este espaço é reservado para um consenso civilizatório. Era como brigar na pelada de futebol e dizer “não mete à mãe no meio”. Era o limite a partir do qual entrava-se numa dimensão para além do concebível.

Posso entender essas escolhas por limites a partir dos quais não há debate, mas sobra sempre uma questão: quem tem o direito de estabelecê-los?

Ok, nazismo. Milhões de mortos, antissemitismo, loucura genocida. Porém, por que nosso horror não recai sobre o stalinismo? Ou sobre o mais mortífero dos sistemas, o capitalismo? Porque não sobre os que defendem o aborto – ou sua liberação? Por que essa escolha?

Existem várias razões, mas o poder das vítimas em exaltar os horrores sofridos é muito óbvio. Enquanto houver esse fantasma nossos olhos serão desviados do holocausto que ocorre ainda hoje, conduzido pelas vítimas de outrora.

Não aceito temas proibidos, cancelamentos ou assuntos vedados. Tudo precisa ser discutido. Não posso aceitar docilmente que os piores nazistas disfarçados dessa nação obstruam o debate em nome da “moralidade”.

Ou ninguém mais desconfiou dos sujeitos que atiraram as primeiras pedras? 

Deixe um comentário

Arquivado em Pensamentos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s