Arquivo da tag: Perry

Montanha Russa

– Não, nada de saudável, disse Jake com notável impaciência, … de saudável já basta a comida que nos obrigam a comer, com a promessa de alongar esta existência insuportável. Nada que é do humano é saudável. Toda ação que produzimos invariavelmente apressa o momento de nossa morte. Até respirar, e encharcar os pulmões de oxigênio, em última análise enferruja nosso corpo e nos direciona ao túmulo. O que nos mantém vivos sela o nosso destino e nossa sina.

Preferi ficar quieto, pois Jake tinha uma faca nas mãos, com a qual picava o fumo vagarosamente. Nunca se sabe até onde sua filosofia pode levar.

– Coisas saudáveis são para aqueles que cultuam a morte. Eu sou fã da vida, e para ser vivida é preciso andar sobre a lâmina fina dos riscos. Comer, beber, jogar-se nos braços da luxúria. Carne, gordura, açúcar. Roleta russa de amores e traições. É isso Perry, não me peça para ser saudável, limpo e cheirar a loção de barba. Sou fuligem, caspa, arroto e remorso. Sou vida.

Jeremy Stark, “Jake and the Rollercoaster”, Ed. Printemps, pag. 135

Jeremy Jacob Stark, nasceu em Chester, Phyladelphia, em 1948 e fez seus estudos em Columbia. Escreveu 12 livros além de “Jake and the Rollercoaster” – onde acompanha a vida de Jake Morgani, um mafioso homossexual e suas desventuras na Chicago dos anos 20 – e muitos ensaios para o New Yorker. Entre seus livros mais conhecidos estão “Supper for Margareth”, “The Last Hurricane” e “The Chimney”. Morreu em 2019 de uma infecção generalizada depois de se ferir em uma pescaria em Bornéu. Deixou viúva sua esposa Lilly (cujo alterego aparece como Martha em “Supper for Margareth”) e seus dois filhos, Jill e Buck.

1 comentário

Arquivado em Citações