Fracassos

“Há fracassos que são oportunidades maravilhosas de crescimento. Em verdade, é a partir da enorme derrota narcísica do Édipo que é possível ascender à sexualidade madura. Fracassos são, portanto, constitutivos do sujeito. Não há grandes vitórias na vida que não sejam precedidas de rotundas perdas. Olhar para elas de forma negativa é não entender a pedagogia das falhas.”

Judith O’Neal, “Time to Measure”, Ed. Parcoulis, pag 135

Judith O´Neal é uma escritora Irlandesa transexual, nascida na pequena cidade de Carrag Na Greine próxima de Galway com o nome de Martin O´Neal. Estudou literatura na Universidade de Galway e desde muito cedo se dedicou à ficção, mas foi na idade adulta que se interessou pelos temas do feminismo, ao mesmo tempo em que tomava a decisão de trocar sua identidade social para Judith (uma homenagem à sua falecida avó Judith, que sempre a apoiou em sua transição). Seus livros falam de dramas cosmopolitas, mulheres solitárias e sofridas, tragédias familiares, capitalismo e desterro. É casada com a artista plástica Sophia Marchette e ambas tem um filho chamado Leonard.

Deixe um comentário

Arquivado em Citações

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s