SUS

Em todos os lugares fora do Brasil onde falei sobre o SUS para explicar a diferença nas taxas de cesariana entre os 3 diferentes tipos de atenção (público, privado e medicina suplementar) eu sempre vi olhos brilhando e entusiasmo com o nosso sistema universal de atenção, em especial entre os americanos. Para eles um modelo solidário, onde o adoecimento não significasse a bancarrota, onde houvesse segurança de atenção para todos e os pobres tivessem atendimento digno, sem precisar de esmolas e caridade, era o paraíso da atenção digna à saúde.

Quando vejo os ataques ao SUS, o projeto de lenta e insidiosa privatização, o desmantelamento e o sucateamento planejados para depois dizerem que a venda era “necessária” eu fico imaginando o horror destes amigos americanos americanos ao perceberem que estamos imitando o que existe de pior na cultura liberal deles: a doença como negócio.

Deixe um comentário

Arquivado em Ativismo, Parto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s