Comércio

A bondade que espera recompensa é apenas comércio. Sinto isso quando alguém diz “Preciso fazer isto, pois devo a ele um favor”. Ora, se foi um “favor” então você não deve nada. Favor vem do latim “favere“, que significa “ajudar” ou “proteger”, o que – segundo muitos pensadores contemporâneos – são ações conectadas à própria origem e essência do que significa ser humano. Desta forma, se você se sente devedor, ou se Fulano vier a te cobrar por um favor prestado, então esse gesto jamais passou de um ato meramente mercantil, desde o princípio.

Beatrix Devries, “The Geen Badge”, ed. Parliament, pág. 135

Beatrix Devries, é uma jornalista nascida em 1970, na cidade de Leeuwarden, na Frísia, parte norte da Holanda. Escreve para revistas sobre ecologia, feminismo e artes. Estudou jornalismo na Universidade de Utrecht e escreve para o semanário “De beste van de Week”. Seu livro “The Green Badge” é uma coletânea de textos publicados no “Week” e sobre seu tema predileto: ecologia e proteção animal.

Deixe um comentário

Arquivado em Citações

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s