Cada Tempo em seu Lugar

É verdade esse bilete…

Tem algumas pessoas que eu acompanho na Internet porque acho talentosas e promissoras. Têm opiniões fortes, talento para escrever, boas ideias e princípios. Entretanto, vez por outra, vejo nelas explosões de autoexaltação, exposição desnecessária de feitos e conquistas, explicações inúteis, brigas com detratores e exaltação do ego, demonstrando uma falha nítida de sua autoestima que se expressa pela necessidade de afirmar-se publicamente.

Muitas vezes chego a escrever para estas pessoas uma nota em privado, com o sincero objetivo de mostrar que esse caminho não é o melhor. Escrevo algo como:

“Querido(a) amigo(a)… Defender-se dessa maneira não faz mais do que acusar o golpe. Quem gostava de você não gostará mais apenas porque publicou seu currículo para mostrar autoridade. Listar suas qualidades e conquistas mostra que você não as considera tanto assim, por isso precisa olhar para elas escritas na tela à sua frente para enxergar nelas o valor que acredita possuírem. Não alimente os trolls; essa e a regra mais básica da Internet!!! Não responda o fogo dos franco atiradores, pois ao responder você expõe onde se encontra, e mostra seus pontos fracos.

Seja humilde, não se leve tão a sério. Aceite a discordância e até a tolice alheia. Não permita que alguém com ódio lhe contamine. Meu pai já dizia ‘Só podes me fazer mal se me fizeres mau’. Acredite, até você tem ‘pontos cegos’ e muitas burrices particulares. Seja caridoso(a) com as falhas alheias e procure como virtude essencial a generosidade do saber. Em qualquer discussão virtual fale seu ponto de vista sem medo e sem pudor; caso eles não gostem ou não aceitem, o problema não é seu; seu pecado será apenas calar por covardia.

Lembre-se: ninguém convence ninguém pela internet; não há conversões e não somos capazes de iluminar mentes com meia dúzia de palavras bonitas e bem costuradas. Falamos muito mais para nós mesmos do que para os outros, mas nossas palavras podem se associar ao pensamento de alguém que se julga solitário em sua visão de mundo. Isso pode ajudá-lo a se sentir menos só em seus projetos e perspectivas. Não se leve tão a sério; todos somos absolutamente desprezíveis no grande contexto. Em muito pouco tempo não seremos mais do que o nome em uma lápide e nada além de uma lembrança que se apaga lentamente na memória dos afetos que nos cercaram.”

Apesar de me iludir que isso poderia ajudar alguém, nunca tive a coragem de mandar a mensagem efetivamente, pois acho que soaria pedante, arrogante e intrometido. Acabo desistindo, apagando tudo o que escrevi e pensando com os meus botões:

“Por pior que isso possa parecer, existem coisas que só aprendemos com o tempo, caindo ao solo para só depois levantar. Aí eu me lembro que essas pessoas são jovens, tem ímpetos de mudar o mundo, acreditam-se poderosas e imantadas por uma missão grandiosa na vida e que na idade delas eu pensava de forma muito semelhante. Minha semente de ponderação e autocrítica encontraria um terreno pouco propício, e daria a clara impressão de inveja ou despeito. Mais ainda, sou obrigado a concordar que no lugar deles eu não daria ouvidos a um velho arrogante tentando me dar conselhos.”

Nesses momentos eu lembro da música “Cada Tempo em seu Lugar” do Gilberto Gil, cujo nome é o resumo desses meus pensamentos: Ela diz em seu final:

“Cada tempo em seu lugar
A velocidade, quando for bom
A saudade, quando for melhor
Solidão: Quando a desilusão chegar”

Para cada um de nós há o tempo em que nos desiludimos, em especial sobre nós mesmos. Esse é um dia triste, chuvoso, frio e escuro, mas um dia para celebrar. Afinal, ainda é melhor vermos o dia feio e úmido como ele verdadeiramente é do que manter-se eternamente rodeado de ilusão e engano.

1 comentário

Arquivado em Pensamentos

Uma resposta para “Cada Tempo em seu Lugar

  1. Aline

    Fiquei curiosa em saber quem seriam esses ilustres personagens da internet que despertaram seu interesse. A carta…ah, já escrevi mentalmente e apaguei de preguiça chegando a mesmíssima conclusão: o tempo vai ensinar…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s