A busca

Qualquer pessoa que busca encontrar um amor jamais deve procurar por ele nas pessoas que encontra. O amor está sempre longe das buscas objetivas; ele é o subproduto dos encontros. Em verdade, a melhor estratégia é abrir o coração para o amor, e aguardar que ele aconteça, na fissura aberta pelo desejo.

Mary Clearwater, “How to catch a partner and go fishing”. Ed. Cranberry, pág. 135

Publicidade

Deixe um comentário

Arquivado em Citações

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s