Exposição

Quanto mais eu vejo os profissionais de saúde sendo influencers, dando dicas, expondo seu trabalho, prometendo resultados, falando de si mesmos, abusando dos vitupérios e brilhando no cyber universo, mais eu acredito nas virtudes da discrição. Isso não exclui a importância das redes para disseminação de ideias, conceitos e propostas, mas sugere um pouco de comedimento. Este tipo de auto exaltação atrai muita energia negativa. Muitos serão solidários na sua dor, mas quase ninguém suporta o sucesso alheio. Algumas tragédias recentes mostram que eu devo estar certo. Acredito ser extremamente perigoso menos por causa dos pacientes e muito mais porque os colegas e concorrentes não aceitam jamais este tipo de hiperexposição. Aqui neste link é possível ver uma dessas tragédias profissionais.

No Brasil tivemos casos famosos como um ginecologista de São Paulo e um cirurgião plástico do Rio de Janeiro, mas há muitos outros exemplos de profissionais apostando na exposição em redes – como tik tok e Kwai, entre outros – ficando famosos, fazendo dancinhas, brincando inocentemente com colegas, alguns deles ficando até famosos e milionários. O problema é que a mesma mão que afaga é aquela que apedreja, e o “amor” em forma de admiração devotado a estres profissionais depois os faz virar alvo de represálias.

Publicidade

Deixe um comentário

Arquivado em Medicina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s