Arquivo da tag: sombras

Sombra

Desconfie de todo justiceiro; atrás da luz fulgurante de justiça que ele traz à proa se projeta uma gigantesca sombra, cuja extensão não enxergamos, mas que, mais cedo ou mais tarde, aparece à nossa frente, em geral quando ainda estamos ofuscados pela luz.

Adm. Walter Scott, on “Writings on Faith and Fear”, ed. Walton, page 135

Walter Scott foi um militar americano nascido em Augusta, no Maine em 1911, que lutou na “Guerra da Coreia” (1950-1953), tendo recebido inúmeras condecorações por bravura. Foi um dos maiores críticos deste conflito, denunciando o genocídio promovido pelo exército americano na Coreia do Norte. Em seu livro de memórias “Writings on Faith and Fear” ele descreve a selvageria dos combates e as bombas jogadas sobre povoados pelos bombardeiros americanos, com imenso desprezo pela vida da população coreana. Segundo ele disse em uma entrevista em 1980, um pouco antes de sua morte por câncer linfático, o nome original do livro seria “The Dark Side of M.A.S.H.”, mas foi vetado pelos editores pelo enorme sucesso da série americana.

Deixe um comentário

Arquivado em Citações

Calabouço dos desejos


images-10

Das minhas motivações sei eu; as dos outros, só eles mesmos poderiam saber. Também não carrego a esperança de um dia entendê-las ou descobrir-lhes a intimidade, pois sequer os autores dos crimes mais hediondos as conhecem plenamente.

Fico feliz de saber que as pessoas  que condenam os sujeitos (e não seus atos) o fazem agindo pelo primado da consciência e jamais tenham feito algo de forma claramente irracional e irrefletida. Nestes momentos é que percebo que durante toda a minha vida muito me afastei da lucidez e da clarividência das condutas acertadas pois que 99% das minhas ações diárias tem quase nenhum controle consciente.

Minha racionalidade é mesmo um verniz intelectual, uma fachada altiva que me dá a sensação de afastar os medos e as superstições através de uma ilusão de controle, mas que funciona como um soberano cuja imponência apenas esconde sua fragilidade.

Somos governados pelas sombras e as vozes mais poderosas que proferimos vem dos porões úmidos e frios, e não das altas e ensolaradas torres.

Condenar os que se afastam do nosso horizonte de ações não nos torna superiores, mas demonstra o quão limitado é o nosso conhecimento da alma humana no que ela guarda de luz, penumbra e profunda escuridão.

Deixe um comentário

Arquivado em Pensamentos