Netos

avos

Meus netos são ilhas de alegria e esperança em uma vida aguerrida, que olhando de longe parece um Rio Doce pós-Samarco, cheio de impurezas e detritos. Se eu não pudesse ser avô faria isso mesmo: andaria de pela cidade, solitário, a pé ou de ônibus, todos os dias e me ofereceria para casais ou moças simpáticas a minha disponibilidade de ser avô.

Aliás reclamo há muitos anos da falta que me faz esse substantivo. A paternidade é a qualidade de ser pai, assim como a maternidade se refere às qualidades maternas. E como diz para avô? Pois se me fosse negada a possibilidade biológica de ser avô eu ofereceria a minha “avozidade” para um casal mais velho cujos pais já se foram. Assim essas crianças não seriam privadas do melhor exemplo de vida que podem lançar mão: a sabedoria açucarada de um avô.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Pensamentos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s