Inquisição

 

As inúmeras piadas que debocham do presidente Lula chamando-o de “analfabeto” e todos os sinônimos de “ignorante” confirmam meu post anterior. Nunca foi corrupção o que move os odiadores de Lula; sempre foi nojo de pobre e trabalhador. Preconceito de classe sem máscara. Mesmo com a fantasia lacerdista de “combate ao mar de lama”, a verdade uma hora acaba aparecendo. Todo ato falho acaba se evidenciando na fissura que separa as palavras, no chiste, no erro ou na quebra.

O Lula não tem o direito de ser o presidente dos seus iguais. Os outros podem até roubar abertamente (o mensalão tucano prescreve agora) mas o PT, o Lula? Não… ele fala mal e não conjuga bem os verbos. Só o resto do mundo pode exaltá-lo como a grande liderança que é, mas aqui jamais será perdoado do crime de ser pobre.

Mas…. se Lula for preso sem provas, ou apelamos para o domínio do fato, ou mesmo se seguirmos a pista que Moro deu e atendermos “o clamor das ruas” (os aldeões com archotes acesos queimando uma bruxa é a melhor descrição disso) o que vai impedir que eu, você ou qualquer pessoa seja presa com base apenas em convicções? Você nunca pensou no significado disso para a vida dos cidadãos comuns? Como ficam os julgamentos banais do cotidiano quando desprezamos as provas e apelamos para o convencimento emocional dos juízes? O que vai impedir QUALQUER magistrado de prender alguém sem as devidas provas? Que significado haverá para a sociedade a tirania absolutista do judiciário?

Acha mesmo que a caçada a Lula não vai lhe afetar? Prove que o carro que você fez um “test drive” não é seu, ou o(a) namorado(a) que você teve não é seu(sua) esposa(o) devendo, portanto, dividir os bens e pagar pensão após o fim do namoro. Ou o contrário… prove que o apartamento pelo qual você lutou para pagar as prestações é verdadeiramente seu, já que os documentos nada valem diante das sólidas convicções de um juiz. Prove que o filho (não) é seu, ou que o salário (não) foi pago.

Se essa tipo de poder for dado aos juízes o que restará como proteção à nós, pessoas não-deuses?”

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s