Mãe de “Pet”

 

Gostar de pets (outro anglicismo horroroso) não me parece doentio, e penso que tenho autoridade para falar isso porque nasci sem o “chip” do amor aos animais domésticos. Meu amor é pela natureza, e não só pelos animais com os quais podemos nos identificar. Mas o debate sobre “maternidade pet” sim é doentio. Mais do que uma discussão sobre direitos dos animais ou a responsabilidades dos humanos sobre eles esta discussão mostra o quanto estamos distantes de um entendimento mais profundo dos cuidados parentais. É como debater homossexualidade. A orientação sexual em si não tem nenhum grande problema; por ser estabelecida para aquém da consciência ela não pode ser julgada por quem quer que seja, mas o debate que se estabelece sobre a sexualidade alheia sim, este é revelador dos valores de uma sociedade.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Pensamentos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s