Divisionismo

Esse é o divisionismo que me irrita. Grupos contra hegemônicos normalmente tem divisões internas, algumas relevantes e outras não. O feminismo se fragmenta, o movimento negro também e os LGBT também, o que não é necessariamente ruim, mas deve ser colocado em perspectiva quando existe uma luta comum a todos dentro do grupo, como o racismo, o patriarcado, a homo e transfobia, etc.

Essa é a tática, tão antiga quanto atual, e que ainda funciona: dividir para conquistar. Colocar mulheres contra si, negros odiando negros, latinos desprezando latinos, gays atacando outros gays.

No fim aparece alguém com coragem suficiente para desagradar uma parte do seu grupo em nome de fazer algo, dar um passo à frente e mudar a paisagem, elevando o debate para um novo patamar.

Deixe um comentário

Arquivado em Ativismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s