Falsos heróis

Quando eu era menino eram muito comuns as séries americanas que contavam as aventuras dos americanos nas Guerras. As mais famosas foram “Combat!”, “Hogan’s Heroes” (Guerra, Sombra e Água Fresca) e M*A*S*H, esta última um sucesso espetacular sobre um grupo de médicos na Guerra da Coreia, com Alan Alda – guerra essa em que os americanos mataram mais de 1/3 de toda a população da Coreia do Norte.

Essas séries da minha juventude são as responsáveis por criarem no imaginário da minha geração duas grandes mentiras (entre outras) que o tempo e as evidências ainda não conseguiram desmanchar por completo.

1- que os americanos venceram a II Guerra Mundial. Errado, ela foi vencida pelo exército vermelho, que ocupou todo o leste europeu, chegou primeiro a Berlim e encontrou o Führer já morto por suicídio em seu Bunker. Os americanos entraram em 1942, para ajudar os aliados na batalha da Normandia. Perderam 500 mil homens, enquanto o Rússia teve mais de 20 milhões de mortos.

2- que o exército americano é feito de boas pessoas, companheiras, camaradas, justas, morais e éticas. Mentira: é o exército mais cruel do mundo, a força bélica do Império a serviço da “Estrela da Morte”, que desde a segunda guerra mundial já invadiu dezenas de países, sendo responsável por milhões de mortos por onde passa em sua luta por domínio e pela exploração de recursos naturais alheios.

Se alguém tem dúvida sobre a ação maléfica do exército americano em todo o mundo, confira aqui.

Deixe um comentário

Arquivado em Pensamentos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s