Solidão

Vamos deixar bem claro: solidão NUNCA é algo bom pois, por definição, a solidão é o sofrimento por estar só. Estar SOZINHO pode ser bom, desde que o sujeito assim o deseje, mas solidão é a descrição da dor de quem não tem companhia.

Pessoas não são necessariamente mais felizes sozinhas, mas podem sê-lo, sem dúvida. Colocar a felicidade atrelada à ausência dos outros é tão errado quando estabelecer que ela só pode ocorrer com a presença de alguém.

Se a pessoa é verdadeiramente mais feliz sozinha, então que assim seja. Buscarmos companhia pela ilusão que isso nos tornará felizes é um erro, e também uma enorme crueldade para quem nos acompanha.

Entretanto, a própria sexualidade humana já nos deixa explícito que a vida se faz na comunhão. Não fosse assim, a cissiparidade ainda seria a grande moda do verão. O que se vê nas artes e em qualquer manifestação humana é que essa necessidade de comunhão é da natureza mais íntima de todo ser humano.

É, portanto, natural que a vida seja uma eterna busca pela presença de alguém ao nosso lado, pelo conforto que nos traz, por sua companhia, seu prazer e seu carinho. Não acho justo desmerecer a necessária busca humana por parceria apenas em função dos traumas e feridas que possam ter ocorrido. Afinal, amar é sempre um risco, mas como em todo o bom jogo, esse risco torna a conquista ainda mais gratificante.

Deixe um comentário

Arquivado em Pensamentos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s