Horda de Imbecis

 

Umberto eco 1

Sim, eu concordo com a frase de Umberto Eco de que “As redes sociais deram voz a uma legião de imbecis“. Uma rápida leitura de comentários de leitores feitos após notícias da política, futebol ou polícia mostra que a imbecilidade, a perversidade e a pura maldade estão à solta, correndo livres pelo espaço cibernético.

Todavia, não é a primeira vez que um fenômeno como esse ocorre. Talvez o principal culpado por ele nem seja americano ou brasileiro, mas grego.

Clístenes, que viveu na Grécia cinco séculos antes da era crista estabeleceu o que se poderia chamar de primeira experiência humana em que a voz dos cidadãos era levada em consideração na administração da “res pública”, as coisas de todos. A este tipo de processo chamamos democracia – governo do povo – que tem múltiplas faces e expressões, mas se caracteriza por uma tentativa de olhar a todos de forma igualitária, sem diferenças artificiais de ordem étnica, social, econômica e religiosa. Seu maior objetivo é a igualdade entre os homens, a responsabilidade repartida pelo sucesso ou fracasso dos governos e suas ações.

Por outro lado, ninguém há de negar que a experiência de Clístenes deu voz a imbecis e idiotas, sem dúvida. A democracia ofereceu milhares de votos a “cacarecos”, e todos sofremos as repercussões das más escolhas feitas por este sistema. Ela iguala seres com visões diferentes e desejos díspares, e dá voz até a quem deseja suprimi-la.

Entretanto, mesmo com todos seus problemas e males, ainda é melhor a liberdade de cometer erros (e aprender com eles) do que sermos amordaçados e ter nossa voz contida. A pior democracia é sempre melhor do que a mais benevolente e bem intencionada das ditaduras.

Apesar de concordar com Umberto Eco ainda acho que a assombrosa idiotice e perversidade das redes sociais, onde a democratização da tolice alcança seus mais altos níveis, apenas desnuda o que sempre fomos. Nada disso foi “criado” pela Internet e seus tentáculos: o que ela fez foi apenas desnudar a violência, a grosseria e a estupidez humanas. As redes sociais são uma janela para o calabouço da alma, onde escondemos nossos monstrengos mais primitivos.

Ainda prefiro saber que vivemos em um mundo cheio de brutamontes que pregam ditaduras militares em pleno século XXI do que ignorar esta realidade e achar que a democracia é um conceito tão firme em nossa cultura quanto a lei da gravidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Pensamentos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s