Arquivo da tag: res publica

Horda de Imbecis

Umberto eco 1

Sim, eu concordo com a frase de Umberto Eco de que “As redes sociais deram voz a uma legião de imbecis“. Uma rápida leitura de comentários de leitores feitos após notícias da política, futebol ou polícia mostra que a imbecilidade, a perversidade e a pura maldade estão à solta, correndo livres pelo espaço cibernético.

Todavia, não é a primeira vez que um fenômeno como esse ocorre. Talvez o principal culpado por ele nem seja americano ou brasileiro, mas grego.

Clístenes, que viveu na Grécia cinco séculos antes da era cristã estabeleceu o que se poderia chamar de primeira experiência humana em que a voz dos cidadãos era levada em consideração na administração da “res publica“, as coisas de todos. A este tipo de processo chamamos democracia – governo do povo – que tem múltiplas faces e expressões, mas se caracteriza por uma tentativa de olhar a todos de forma igualitária, sem diferenças artificiais de ordem étnica, social, econômica e religiosa. Seu maior objetivo é a igualdade entre os homens, a responsabilidade repartida pelo sucesso ou fracasso dos governos e suas ações.

Por outro lado, ninguém há de negar que a experiência de Clístenes deu voz a imbecis e idiotas, sem dúvida. A democracia ofereceu milhares de votos a “cacarecos”, e todos sofremos as repercussões das más escolhas feitas por este sistema. Ela iguala seres com visões diferentes e desejos díspares, e dá voz até a quem deseja suprimi-la.

Entretanto, mesmo com todos seus problemas e males, ainda é melhor a liberdade de cometer erros (e aprender com eles) do que sermos amordaçados e ter nossa voz contida. A pior democracia é sempre melhor do que a mais benevolente e bem intencionada das ditaduras.

Apesar de concordar com Umberto Eco ainda acho que a assombrosa idiotice e perversidade das redes sociais, onde a democratização da tolice alcança seus mais altos níveis, apenas desnuda o que sempre fomos. Nada disso foi “criado” pela Internet e seus tentáculos: o que ela fez foi apenas desnudar a violência, a grosseria e a estupidez humanas. As redes sociais são uma janela para o calabouço da alma, onde escondemos nossos monstrengos mais primitivos.

Ainda prefiro saber que vivemos em um mundo cheio de brutamontes que pregam ditaduras militares em pleno século XXI do que ignorar esta realidade e achar que a democracia é um conceito tão firme em nossa cultura quanto a lei da gravidade.

Deixe um comentário

Arquivado em Pensamentos

Corrupção

corrupcao

Minha posição se mantém inalterada: todas as visões moralistas sobre a corrupção no Brasil são ingênuas ou de má fé. A corrupção NÃO TEM bandeira e nem partido. Existe em TODAS as agremiações que desfrutam de algum tipo de poder. Advogados, médicos, partidos políticos, síndicos… ninguém está livre. Essa história infantil de dizer que o PT é corrupto, são os “petralhas” ou os “tucanalhas” do PSDB, ou que “todos os políticos são corruptos” é RIDÍCULA. Os corruptos SOMOS NÓS, cada um em sua esfera. A corrupção é um mal que nos atinge a todos, sem exceção, nas grandes e nas pequenas coisas.

Se existe algum diferencial hoje é que o PT está oferecendo todas as condições para a solução desta mazela social, permitindo que os corruptos sofram a ação da lei, sem perdão. O que nós vemos hoje, patrocinado pelo partido que está no governo, é uma transparência inédita na luta contra a corrupção nas empresas públicas e privadas. Os dirigentes das empreiteiras foram PRESOS, perceberam a diferença? Os corruptores também estão sofrendo a mão pesada da lei. Dilma tem razão em dizer que o caso da Petrobrás vai mudar o Brasil, e para melhor. A “coisa pública” – a “res pública” – será vista com mais responsabilidade no futuro, e com menos oportunismo. Infelizmente teremos que passar pela dor e pela humilhação de agir com rigor contra o atraso, mas é a via necessária.

Espero que estes casos se tornem emblemáticos e sirvam de exemplo para o combate à impunidade, aqui e no resto do mundo.

Deixe um comentário

Arquivado em Política