Ideologia, eu quero uma…

“É exatamente quando o sujeito se considera infenso às influência das ideologias que elas mais se apoderam de sua alma e o controlam, sem que este perceba o domínio que exercem. A corrosão ideológica é sutil e insidiosa, transparente e silenciosa; enquanto o come por dentro impregna todos os seus sentidos”.

Esta é minha singela colaboração à uma ideia de Zizek sobre as ideologias – aquilo no que acreditamos sem saber a razão. Lembrei dela hoje porque me veio à mente a frase de um médico, dita há uma década, que sempre me alertou para a falha da formação Universitária em proporcionar o ensino da filosofia nas faculdades da saúde. A frase era: “Não existe ideologia na Medicina; existem apenas boas e más práticas.”

Não resta dúvida…. quanto mais o sujeito não enxerga a ideologia que o controla, mais ela está no comando de suas ações

Publicidade

Deixe um comentário

Arquivado em Pensamentos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s