Bloqueios

A dificuldade de interpretação continua sendo a tragédia das redes sociais. Um drama que parece não ter sido ainda controlado pois se assenta sobre um fato inconteste, e talvez insolúvel: só lemos o que nosso desejo permite e apenas o que se adapta ao molde previamente determinado por nós na fala do outro.

Criamos espantalhos cujas palavras não tememos (dis)torcer, desde que, assim construídos por nós mesmos, sejam mais facilmente atacados pela fúria de nossas crenças.

No fim acabamos debatendo solitariamente, gritando contra nossas próprias contradições e fragilidades. Solilóquios que se multiplicam em milhões de respostas agressivas e “lacrações”, navegando no cyberspaço a milhões de bytes por segundo.

Todos os dias, em toda parte…

Deixe um comentário

Arquivado em Pensamentos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s